segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Armadilha para um homem só – Uma trama perfeita


Autor: Robert Thomas
Tradução:  Luis de Lima
Adaptação:  Miguel  Langone J. e Antonio Natal
Direção:  Miguel  Langone Jr
Elenco:  Antonio Natal, Almara Mendes, Rodrigo Fabbro, Emílo Bozzo, Teca Pinkovai,  Miguel  Langone Jr
Duração 110 minutos

Sinopse: Na cidade francesa de Chamonix, um marido, Daniel Corban, reclama para a polícia do desaparecimento de sua esposa, após três meses de casamento.  Aos poucos percebe-se que ele está sendo envolvido numa trama gerada por uma quadrilha que pretende enloquecê-lo ou matá-lo por causa de uma provável herança.

Num cenário despojado, característico do grupo Teatro Compacto, é desenvolvida uma trama de suspense do primeiro ao último minuto, pontuada por um humor sutil e irônico e excelente atuação o elenco.

O público se identifica com o desespero de Daniel, que a cada passo que dá se envolve mais e mais nas malhas criadas pela quadrilha até o desfecho final, realmente surpreendente.

A forma do autor conduzir a trama impressionaram até o mestre do Suspense, Hitchcock, que quase chegou a filmá-la.

O grupo optou por desenvolver a peça recriando o clima do final dos anos 50, época em que o texto foi escrito. Isso fica bem notável nos figurinos e na trilha sonora.

O resultado é excelente. Recomendo.

A peça está em cartaz todos os domingos às 19:00 até dia 30 de outubro, Teatro Estação Caneca, na Rua Frei Caneca, 384 - Bela Vista, a 200m do Shopping Frei Caneca. Telefone – 2371.5744.

Nenhum comentário:

Postar um comentário